quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Como vencer a  procrastinação
Hoje conversei com uma amiga Coach que me confessou não ter feito uns exercícios devido a procrastinação e então disse para ela que escreveria esse post sobre “Procrastinação”.
A procrastinação é um assunto  muito discutido.Temos muito livros e artigos sobre esse assunto.Arrisco a dizer que não existe ninguém em torno de nós que não fique enrolando ou procrastinando as vezes: é um fato da vida. Está dentro de nós.
Achamos que vamos fazer algo mais tarde, ou fazer um exercício mais tarde, ou aprender um idioma depois. Mas sempre exageramos nas nossas estimativas sobre quanto mais tarde. Exageramos nas estimativas de conseguirmos combater a procrastinação no futuro. Mas fica a questão: Se o seu eu atual não consegue combater a procrastinação, como conseguirá no futuro?

POR QUE você PROCRASTINA?
Existem muitos motivos que favorecem a procrastinação e que estão relacionados de formas diferentes: vejamos os 4 mais significativos
1. Necessidade de  gratificação instantânea. Ficar largado no sofá é bom, talvez melhor do que sair para fazer uma corrida. Checar o WhatsApp ou os emails é mais fácil do que fazer a tarefa que estamos enrolando.

2. Sentimento de medo. Podemos deixar de  escrever aquele post ou aquele capítulo de livro por existirem problemas com os conteúdos sobre os quais ainda não dominamos ou simplesmente podemos estar com medo do fracasso.

3. Inexistência imediata de punição ou consequência negativa. Deixar de fazer o exercício da escola não traz nenhuma consequência negativa imediata. Nem assistir TV ou jogar.A mesma coisa vale para o uso da Internet ou fazer outras procrastinações: vamos pagar por isso mais tarde, mas no momento presente ninguém nos punirá por isso.

4. Exagero nas estimativas de quem seremos no futuro. A realidade é geralmente um pouquinho pior do que esperamos, mas isso não nos impede de pensar que o futuro será diferente novamente. Pelo mesmo motivo, pensamos que é bom enrolar, pois vamos fazer isso mais tarde, com certeza.
SEis SOLUÇÕES PODEROSAS
As soluções se apresentam mais facilmente se conhecemos os problemas. Apenas não as deixe para depois, ok?

1. Aproveite o processo. O medo nos faz adiar as coisas. Mas, se aprendemos a aproveitar e ter prazer, não será tão difícil. Entre no momento presente, e terá prazer em cada ação.

2. Bloqueie o seu eu do futuro. Se o eu do futuro é tão propenso a enrolar como você. Então, bloqueie esse personagem.

3. Crie comprometimentos e responsabilidades. Se não houver ninguém vigiando, haverá uma tendência de deixar para depois. Então encontre pessoas para te cobrar.

4. Enrole de forma produtiva. Se você vai enrolar, faça coisas importantes enquanto enrola. Assim,  se você não quiser fazer sua tarefa principal, pelo menos consiga finalizar tarefas menores. 

5. Faça o que te motiva. Se você fizer o tempo todo o que te motiva, você estará menos propenso a procrastinar ou deixar de lado. Focalize naquilo que te excita, ao invés dos aspectos terríveis da atividade.

6. Pare e pense. Quando consentimos os pensamentos acima sem estarmos realmente conscientes, acabamos procrastinando. Quando paramos para pensar sobre esses pensamentos, podemos racionalmente perceber que eles estão errados.


Se você quiser discutir mais sobre esse assunto, então envie uma mensagem para nielsenfreire@gmail.com e eu retornarei o contato para agendarmos uma reunião.